Ajuda

Quando criamos o Silencio a Luz, queríamos oferecer ajuda, apoio e informações que identificamos serem difíceis de serem obtidas no Brasil. Procuramos suporte para escrever este site e encontramos o material de apoio do Sands – UK (stillbirth & neonatal death charity) Grã-Bretanha, que gentilmente autorizou a tradução para o português, além de pesquisas nacionais e internacionais que falam sobre o tema natimorto e morte neonatal.

A morte de um bebê é uma experiência devastadora. Nós sabemos que não há duas formas idênticas para passar pela experiência de perder um filho próximo ao nascimento. Cada pessoa é diferente e vivencia esta experiência de uma forma particular. Não existe um caminho certo ou errado para você percorrer com a sua dor.

Algumas vezes os pais se preocupam com o fato de estarem se sentindo estranhos. Eles começam a se sentir melhor quando sabem que outras pessoas tiveram sentimentos semelhantes aos seus, após a perda dos seus bebês.

Por muito tempo, o luto por ter um filho natimorto, ou que morreu logo após o nascimento, era visto como uma tristeza passageira. Diziam aos pais para esquecer, como se a morte do bebê não tivesse acontecido. Hoje, através de depoimentos de pais que vivenciaram a perda de um bebê, é possível dizer que a tristeza não deve ser ignorada, tendo em vista que a pessoa que perdeu um filho perto do nascimento está passando pelo processo de luto.

Pensar e falar sobre seus sentimentos lhe ajudará muito nesta fase. Você nunca vai esquecer o seu bebê, mas o tempo passará e você se lembrará dele ou dela com saudades e menos dor.

Existem muitas coisas para serem acrescentadas neste site, porém, esperamos que ele já possa ser útil a você.