Como você deve estar se sentindo

Esta seção foi traduzida a partir do texto original em inglês, disponibilizado no site do Sands (stillbirth and neonatal death charity) < http://www.uk-sands.org/Support/How-you-might-feel.html>

Toda experiência é individual, assim como toda circunstância é diferente, mas a morte de um bebê pode trazer uma tristeza profunda e que poderá durar muito tempo. Os pais dizem que nunca souberam que era possível sentir tanta tristeza, e que suas vidas são viradas de cabeça para baixo. Assim, você pode estar experimentando todos os tipos de reações físicas e emocionais após a morte de seu bebê.

Reações emocionais

A maioria dos pais se sentem chocados e adormecidos, especialmente nos primeiros dias após a morte do bebê. Você pode achar que é difícil aceitar o que aconteceu, e também difícil de entender e lembrar o que as pessoas estão dizendo. Você pode chorar e soluçar, mesmo quando você não está esperando. Alguns pais acordam e descobrem que estavam chorando em seu sono. Outros, acordam e se lembram em seguida o que aconteceu.

Os pais podem perder sua confiança e auto-estima. A mãe, em particular, pode se sentir culpada e envergonhada pela morte do seu bebê. Alguns sentem a morte do bebê deixou seu parceiro e sua família para baixo. Entretanto, a morte de um bebê quase nunca tem haver com o que os pais fizeram ou não.

A raiva é uma reação comum a perda. Você pode estar zangado consigo mesmo, com seu parceiro, com o seu bebê, por fazer você se sentir tão sozinha, com Deus ou com os profissionais de saúde que cuidaram de você e seu bebê. Você também pode estar zangado com os pais que têm bebês saudáveis. Quando sua própria vida desmoronou, pode ser muito difícil aceitar que, para a maioria das pessoas, a vida está acontecendo como planejado.

Os pais que perdem um dos gêmeos ou trigêmeos, muitas vezes enfrentam emoções conflitantes: de luto para o bebê que morreu, assim como esperanças e medos para o bebê ou bebês que estão vivos. Isto é especialmente difícil de tratar.

Reações físicas

Muitos pais enlutados têm reações físicas devido ao momento de luto. Eles podem ter sensações muito semelhante ao pânico. Assim, você pode ter palpitações ou dores no peito. Você pode sentir um peso em seu peito ou encontrar-se suspirando muito. Você pode se sentir mal e ter diarréia, você pode ter um nó na garganta ou frio na barriga. Você pode não sentir vontade de comer qualquer coisa, ou você pode achar que não pode parar de comer. Você pode se sentir exausto e com dificuldades para dormir.

O sono também pode ser perturbado por sonhos muito reais ou pesadelos. Se o bebê passou um tempo na UTI neonatal, você pode ter tido que lidar com um stress emocional. Se você teve que viajar longas distancias da sua casa até a UTI neonatal para visitar o seu bebê , você pode estar fisicamente, assim como emocionalmente esgotado.

Pais enlutados costumam dizer que seus braços ansiosamente desejam o bebê que estavam esperando para segurar e cuidar. Algumas mães ainda sentem o bebê chutando dentro delas, os outros ouvem o choro do bebê. Você pode procurar por coisas sem ter certeza do que você está procurando. Pode parecer confortante enrolar os cabelos com os dedos, ou balançar para frente e para trás com tristeza. Todas essas reações são comuns e normais.

Mesmo que seu bebê morreu, o corpo da mãe vai reagir exatamente da mesma maneira, como acontece quando o bebê está vivo. Ela terá a perda de sangue vaginal normal, que segue ao nascimento, e os seios podem começar a produzir leite. Essas reações físicas em decorrencia da gestação do bebê que está morto, pode ser doloroso e angustiante. Existem várias formas de reter o leite e aliviar a dor. O seu médico, ou outro profissional da saúde, pode orientar você. Muitas mães depois do parto sentem dores, com o útero contraindo e voltando ao seu tamanho normal. Algumas têm pontos dolorosos ou uma cicatriz cesariana que precisará de um alívio a sua dor. Outras mães, além de sua dor, podem apresentar a “depressão pós-parto” alguns dias após o nascimento.